20.5.17

Resenha | Destinado - Carina Rissi

Título: Destinado
Subtítulo: As memórias secretas do sr. Clarke
Autor(a): Carina Rissi  | Coleção: Perdida #3
Gênero: Literatura Nacional - Romance de época
Páginas: 462 | Editora: Verus | Comprar: Compare e Compre
Avaliação:
Sinopse: Ian Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão. Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo.
Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto...
Em Destinado: as memórias secretas do sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.
Resenha
Já começo compartilhando com vocês uma descoberta que fiz recentemente: a Carina Rissi é minha autora preferida! Achei que nunca conseguiria escolher uma entre tantas amadas, mas a Carina é a Carina... Vive me surpreendendo.
“Naquele ele instante, com aquela mulher em meus braços, desejei mais do que já desejara qualquer coisa na vida ser o homem a quem todo aquele amor era destinado.”
Vocês podem imaginar que Destinado trata-se das histórias anteriores só que pelo ponto de vista de Ian, pelo menos foi o que imaginei antes de começar a ler, mas não é nada disso. A rainha, vulgo Carina Rissi, criou uma nova história, concluindo perfeitamente seu suposto objetivo de encantar loucamente seus leitores.
Nossos amados personagens estão mais felizes que nunca. 1) Dessa vez há Marina, um bebê lindo, fruto de um amor que acompanhamos nascer e florescer; 2) Sofia tem seu próprio negócio; 3) sem tia rabugenta tentando meter o dedo onde não deve; 4) nem nada de celulares levando pessoas amadas para o futuro... Espera aí! Como nem tudo é um mar de rosas. Esse último enxerido se intrometeu na história novamente. Mas dessa vez, Ian chegou até ele primeiro, o que fez ele relembrar do estrago que o maldito celular fez um tempo atrás, quando ele levou Sofia de volta para o século XXI. Sem nem pensar duas vezes, Ian esconde o treco. 

Contudo, não foi o bastante...

Tia Carina não economiza nos fatos, e um deles pode acabar com a boa reputação que Elisa sempre teve, ocasionando em um noivado indesejado – pelo menos daquela forma. E esse nem foi o maior dos problemas... Uma coisa foi levando a outra e Elisa acaba encontrando o celular e sendo levada para o futuro.

A partir daí, inicia uma aventura daquelas! Ian e Sofia, dispostos a fazerem qualquer coisa para trazer Elisa de volta, partem também – com uma ajudinha da “fada madrinha” – para nosso século.
“— Está pronto para enfrentar o meu mundo? [...]
— Mais do que você imagina, Sofia.”
Se a história toda era uma loucura no século XIX, imagina esses dois no mundo moderno, procurando por Elisa sem mal saberem onde procurar? É muito divertido acompanhar as reações e confusões de Ian em relação ao futuro: do comportamento das pessoas, suas roupas e forma de falar até a tecnologia e a construção da cidade. E, claro, a barulheira.
“— Bem... O nome do delegado que atendeu a ocorrência é doutor Cesar Cerqueira[...]
— Vou jogar no Google — falou Nina, abrindo a bolsa. Que diabos era Google? O nome da casa de jogos? De seu proprietário? O próprio jogo? E por que Nina queria fazer uma aposta justo naquele momento?”
Mas não há tempo para admiração, o tempo corre rápido e eles precisam encontrar Elisa a tempo. Isso mesmo, se eles demorarem muito, um desastre pode acontecer. O futuro também pode modificar o passado.
“Você sempre nos viu, nós, mulheres, em pé de igualdade com os homens. Essa é uma das coisas que sempre me fascinaram em você.”
Destinado, é narrado por Ian – o que fez com que eu me apaixonasse ainda mais por ele – é uma aventura de tirar o fôlego, assim como a vida de muitos da nossa atualidade. São tantas as palavras que eu poderia usar para descrever esses livros que dariam uma enorme lista. Mesmo sendo livros com uma grande quantidade de páginas, em NENHUM, NENHUM MOMENTINHO, o leitor perde a conexão com a história. Foi assim com os dois anteriores, e nesse livro também. A cada momento os personagens nos cativam ainda mais; Sofia com sua personalidade forte e única, Ian com sua doçura e paixão, e Marina, que neném mais fofa! Também iremos ter bastante dos amigos de Sofia do século XXI em Destinado.

Ok, entendi, Catrine! O livro é lindo.... Calma aí! Não acabei, caro leitor. O final... NOSSAAAAA!

Há uma revelação sobre o significado dessa jornada que é muito emocionante. E o mais lindo: mesmo não sendo esse o objetivo principal da aventura, ela acaba provando algumas coisas sobre o amor de Sofia e Ian. Como ele era forte, e como nenhuma barreira podia acabar com ele, nem do tempo, nem da memória, nada...

Emocionante, apaixonante, MUITO ENVOLVENTE e completamente encantador.
“De todas as reações que você podia ter, de todas as diferenças que podia apontar, você escolheu se maravilhar...”
Um início promissor, um desenvolvimento impecável e um final arrebatador. Só pode ser dom divino o que esses autores e autoras possuem!

Algumas coisas que acontecem nesse loucura de viagem: [Ian foi preso, eles invadiram um setor de RH, Ian se perde, Ian salva uma vida etc etc etc É MUITA LOUCURA! hahahah] Selecione para visualizar.


Sei que já exagerei, mas, segue abaixo mais quotes para você se apaixonar ainda mais pelo Ian, hahah:

“Os homens se indignavam com o comportamento “inadequado” de suas mulheres, mas, uma vez que elas experimentavam a liberdade, não podiam mais ser trancafiadas como bibelôs. Eles me culpavam por isso, naturalmente. E eu não podia me importar menos. Sofia mudara o mundo daquelas mulheres, ampliara seus horizontes, quebrara barreiras, exatamente como tinha feito comigo. Dava- me um orgulho danado ter a meu lado uma mulher inteligente e corajosa como ela, e, para ser franco, dava-me paz de espírito também.”
“— Naquele momento, eu entendi por que parecia que eu estivera prendendo o fôlego desde sempre. Eu esperava por você, Sofia. Eu a amei no primeiro olhar. Eu a amei no primeiro sorriso. E no segundo, e no terceiro, e em todos os que vieram depois. Todo dia eu acordo e penso que é impossível amá-la mais do que já amo. E todo dia eu descubro que me enganei. Eu a amo cada dia mais, a cada dia de uma maneira diferente.”

19 comentários

  1. olá,Catrine. ^^
    Fico feliz que tenha curtido tanto a leitura... particularmente, não apreciei a escrita de Carina, não funcionou comigo... tentei ler outro titulo dela e acabei desistindo.. questão de gosto né? heheh



    mas fiquei imaginando a situação dos personagens ambientados em outra epoca, tão distinta da sua... seria engraçado, no mínimo hehehe
    bjs..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí! haha Vai do gosto do leitor.
      Mulher... Eu ri anto com esses personagens no século XXI. kkkkkkk

      Excluir
  2. Olá tudo bem ?
    Só bem curiosa para ler os livros da Carina e olha que não li os primeiros desse e já me apaixonei pelo fato da autora criar outra história surpreendente o leitor é fã da história .Sua resenha me deixou bem curiosa e a vontade de adquirir o livro só fico mais forte rsrs .
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha a oportunidade de ler os primeiros e, assim como eu, se encante. haha ❤

      Excluir
  3. Olá!
    Já li e ouvi muitas pessoas falando bem dessa autora, mas confesso que, apesar de ter uma certa curiosidade acerca de sua obra, não consigo ter uma verdadeira motivação para lê-la, talvez porque nenhum dos livros dela ainda tenham me cativado pelas sinopses e resenhas.
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se arrisca em algum, quem sabe ela não te fisga. hahaha Se não... pelo menos você tentou! :)

      Excluir
  4. Hey!

    Que bom que gostou da leitura, tenho ouvido muito sobre a obra e estava meio indecisa sobre lê-la ou não, adorei a resenha.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Tenho muita vontade em ler essa série, mas ainda não consegui a oportunidade. Sempre leio coisas bem bacanas sobre e minha curiosidade só aumenta. Li um outro livro da Carina e achei divertidíssimo, além de envolvente e fluído, então tenho boas expectativas para esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas palavras definem os livros dela! hahah É sempre muito envolvente, divertido, e flui muito bem. :) Espero que tenha a oportunidade de ler série. ❤

      Excluir
  6. Preciso começar a ler esta série para ontem. Fico feliz em saber que a Carina conseguiu reinventar um enredo que poderia cair facilmente na mesmice.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  7. Fiquei admirada com a sua empolgação pela escrita da Carina! Ainda não li nenhum dos livros dela, mas gostei de saber que a autora a surpreendeu ainda mais nesse volume. Que a aventura é envolvente e emocionante! Nossa, essa declaração de amor, no segundo quote, toda mulher gostaria de ouvir!! Anotei a indicação.
    Bjos,
    Cidália.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Vejo que muitas pessoas gosta. Até acho que apresenta ser interessante e tenho vontade de ler o livro dessa autora. Que bom que a revelação dessa jornada é emocionante. Dica anotada! Beijos'

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem? Não tem como não amar a Carina com essa <3 Destinado é meu favorito por trazer tudo do ponto de vista do meu personagem favorito além de ter sido o que mais me angustiou com tudo que podia ter acontecido hahaha Adorei a sua empolgação <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Catrine! Tudo bem?
    Nunca li nada da autora, apesar de ela ser muito comentada e apreciada, nenhum dos livros dela despertou meu interesse. Gostei da sua resenha, mas mesmo assim, não me animei a ler! Quem sabe em outro momento?
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Dei uma lida muito por cima na sua resenha, e já consegui perceber sua empolgação com a leitura. Eu só li um livro da Rissi, mas gostei bastante de sua escrita, e pretendo ler mais obras dela. Acho que iniciarei por essa série, achei a trama muito bacana. E se no terceiro livro é toda essa euforia toda, já sei que vou amar a leitura.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  12. Oi,

    Eu ainda não li nada de Carina Rissi, mas você ficou tão entusiasmada com este livro que fiquei super interessada. Adorei a resenha.

    Beijos
    jusemfrescura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Catrine.
    Recententemente terminei de ler "Perdida" e gostei muito da narrativa e de como a autora conduz os acontecimentos. Espero poder conferir este último livro logo, afinal, o Ian é o homem dos meus sonhos. Ele é tão fofo!!!
    Abraços.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita, espero que tenha gostado!
Opiniões, sugestões, críticas... fiquem a vontade.❤❤

Adaptação por: Estante Mineira

Base por:Adorável Design